AMIGOS DO BLOG VEJA E SINTA SEJA UM MEMBRO

13 de set de 2011

Neemias: Um Campeão de Saúde Emocional - Missão Terra Internacional

Neemias: Um Campeão de Saúde Emocional - Missão Terra Internacional

"...Tendo eu ouvido estas palavras, sentei-me e chorei, e lamentei por alguns dias; e continuei a jejuar e orar perante o Deus do céu," Neemias 1:4
Introdução:
  Falar sobre missões sempre me encantou muito e o que mais me sinto alegre é saber que quando falo sobre missões mesmo em um cenário onde essa obra é tão negligenciada é que estou cooperando com algo que o Espírito Santo considera a obra mais urgente da Terra. A situação que temos neste quadro histórico registrado na Palavra de Deus é muito fácil de se entender, Neemias era um Judeu que servia como Copeiro do Rei da Pérsia Artaxerxes e diz a palavra que veio Hanani um dos irmãos ter com Neemias, sabendo Neemias por alto que algo terrível estava acontecendo com Jerusalém pergunto a Hanani o que acontecera e recebeu a seguinte notícia:  “... Os restantes que ficaram do cativeiro, lá na província estão em grande aflição e opróbrio; também está derribado o muro de Jerusalém, e as suas portas queimadas a fogo”.
 O primeiro ponto aqui é que Neemias foi o Homem que Deus escolhera dentre todos os Judeus contemporâneos para que realizasse uma grande obra que abençoaria muito o Seu povo e conseqüentemente alegraria o coração de Deus. Alguém poderá perguntar:  ---Porque foi escolhido Neemias e não um dos Judeus que estavam em Jerusalém? Porque não, um dos que estavam no exílio? Porque não, um dos que foram levados como escravos?
 Neemias reunia algumas das qualidades que Deus aprecia muito e talvez nenhum dos Judeus daquela geração possuía tais qualidades, essas são ao meu ver qualidades indispensáveis para a vida de qualquer pessoa que deseja realizar a obra de Deus em qualquer área ou tempo.  Vou numerá-las a seguir:
01-Neemias estava na fortaleza
  Palavras de Neemias, filho de Hacalias. Ora, sucedeu no mês de quisleu, no ano vigésimo, estando eu em Susã, a fortaleza, Ne 1:1    
  É claro e visível a todos que lêem este livro, que Neemias era um Homem que vivia em uma fortaleza não só física, mais espiritual, tinha uma vida de oração forte, e mesmo vivendo em um país estrangeiro não havia esquecido do seu Deus, de sua Pátria e Irmãos. Nos tempos do profeta Isaias Deus enviou uma dura exortação ao povo que havia esquecido os costumes da sua  terra mesmo habitando nela: “Mas tu rejeitaste o teu povo, a casa de Jacó; porque estão cheios de adivinhadores do Oriente, e de agoureiros, como os filisteus, e fazem alianças com os filhos dos estrangeiros”.Isaias 2:6
 Gosto de dizer na minha Igreja ou por onde quer que eu passe, que cada Crente é um Missionário em sua rua.  Se Deus o colocou lá naquela rua é porque ele espera que você o represente devidamente naquele lugar. As vezes ouvimos perguntas sobre porque Deus tirou Abraão de Harã, sua terra, Gn12 e o enviou para uma terra que ao chegar era habitada por outros povos; se o Senhor o enviasse para um lugar vazio no meio do nada é claro que para Abraão seria interessante, pois chagaria e iria logo plantar e colher e ganhar dinheiro, mas Deus não está preocupado que os seus filhos plantem e colham senão a Sua palavra a preciosa semente do Evangelho. Se você está em uma empresa boa em uma posição privilegiada, saiba que Deus não o colocou aí para que você se sentisse por cima ou ganhe muito dinheiro, Ele o colocou para você anunciá-lo e semear Sua preciosa palavra entre essa gente que o circunda. Acredito que Neemias era um tremendo missionário na Pérsia, (Deus só envia coisa boa, genuína e que vai fazer diferença) ele tinha um compromisso com nosso Deus e mantinha uma fé inabalável... Ele era uma própria fortaleza espiritual ambulante!
  02- Neemias amava Sua terra
  “Tendo eu ouvido estas palavras, sentei-me e chorei, e lamentei por alguns dias; e continuei a jejuar e orar perante o Deus do céu”. Ne 1:4
  Nunca gostei de ouvir missionários que quando enviados para outro País esquecem-se de sua terra natal, não oram mais por ela. Viajando por outros países e encontramos muitos que dizem: “agora meu país é esse, meu povo é este”  Posso estar errado, mas apenas acho que isso é uma falta de amor a terra e gratidão ao seu povo.  
Neemias amava sua terra... Como amava... Lembro-me do Salmo 137 que fala da saudade que os Judeus exilados sentiam por sua terra natal, eles sentavam-se as margens dos rios da Babilônia e choravam lembrando de Sião, das harpas que ficaram nos salgueiros e não conseguiam cantar os cânticos por causa da saudade da terra. Nos versículos 5 e 6 está escrito: “Se eu me esquecer de ti, ó Jerusalém, esqueça-se a minha destra da sua destreza. Apegue-se-me a língua ao céu da boca, se não me lembrar de ti, se eu não preferir Jerusalém à minha maior alegria.
Quando Neemias ouviu a má notícia com relação ao seu povo ele sentou-se e Chorou amargamente... Lamentou-se não só por um minuto sacudindo a cabeça como muitos de nós faríamos, não! Ele bem que poderia dizer: “Bom eu já não estou mais em Jerusalém, eles que se viram por lá e resolvam seus problemas... Meus pais já estão mortos mesmo... Já estão enterrados mesmo, então não é mais minha responsabilidade. Não! Este homem de Deus não deixou para lá e não lamentou-se somente por alguns minutos, mas por alguns dias, ou melhor, por quatro meses inteiros... E mais, esteve Jejuando e orando perante o Senhor. Ninguém poderá amar o povo para o qual é enviado se antes não amar a sua terra natal, Ninguém poderá amar o perdido se não amar seus irmãos dentro da Igreja, sem amar sua Igreja com muito amor a ponto de se dar por ela, independente de ser reconhecido ou não.
Nós encontramos muitas vidas dentro de muitas Igrejas que passamos para ministrar que estão com muitos problemas porque não aprenderam amar suas Igrejas, seus irmãos, seu Pastor a ponto de os defender das línguas envenenadas da sociedade e até outros da própria Igreja ou as vezes dos próprios familiares. Não defendem suas Igrejas frente criticas e as vezes são instrumentos legítimos de criticas que ajudam a destruir ao invés de ajudar a construir.  “Quem não se entrega por completo para salvar sua terra ou para ajudar sua igreja, jamais conseguirá desempenhar eficazmente a obra Missionária em qualquer País ou povos do mundo”
Neemias amava sua terra a ponto se envolver de empenhar-se por ela, de chorar, orar, desfalecer-se. Nossa condição no Brasil é decepcionante. Esse povo Brasileiro é campeão em depreciar sua terra, sua família, e trazem esta cultura depreciativa para dentro da igreja, quando vêem algo negativo eles dizem: - Só podia ser mesmo nesta igreja! Não há orgulho, prazer pela pátria, família, igreja. É necessário amar e defender aquilo que Deus nos deu se é que queremos alcançar outros povos.
03 – Neemias era um campeão em saúde Emocional
O nível da sua saúde emocional vai determinar o quanto você está preparado para enfrentar as vicissitudes que o trabalho na seara do Senhor nos apresenta. São desafios grandiosos que vamos encontrar pela frente na grande obra de Deus na terra.
“Sucedeu, pois, no mês de nisã, no ano vigésimos do rei Artaxerxes, quando o vinho estava posto diante dele, que eu apanhei o vinho e o dei ao rei. Ora, eu nunca estivera triste na sua presença”. Ne 2:1
  Analisemos..., um homem vivendo em um país que não era o seu, ele era estrangeiro dentro Pérsia, servindo em uma posição de destaque, era copeiro do Rei. Se porventura o Rei solicitasse um "suquinho" de uvas, um Vinho, uma água fresca, lá estava Neemias com sua bandeja dourada para servi-lo, fosse qualquer hora. Isso o colocava em uma posição privilegiada frente a outros serviçais da casa real. Agora sendo ele estrangeiro na terra, será que não enfrentava preconceitos, humilhações, xingamentos, desprezos ou até mesmo ciúme por parte de outros trabalhadores naturais da Pérsia? Será que nunca alguém havia amaldiçoado seu Deus, ou nunca houvera uma contenda por causa talvez de religião? Imaginamos então que algum dia, Neemias tenha acordado meio de pé esquerdo meio chateado até sem motivo e o rei tenha chamado e ele tenha que entrar na presença do rei com uma cara de “broa azeda”. Não, isso nunca aconteceu! Neemias enfrentava os problemas do cotidiano sem se entristecer sem se abater jamais, por isso disse: “Porém nunca antes estivera triste na presença do rei”.
É muito comum encontrarmos irmãos dentro das nossas igrejas que ao menor sinal de problemas já se abatem e vem para a igreja com um tromba de elefante que a distancia percebemos, então nos aproximamos e descobrimos que seu cachorro está doente, ou que seu carro quebrou, ou alguém não o cumprimentou na chegada, ou o Pastor esqueceu do seu tão importante aniversário. E quando isso acontece com pastores e lideres é o fim da picada, não pode acontecer um problema em casa e toda a igreja apanha devido o mau humor do pastor no púlpito, é uma vergonha quando líderes não curados sobem ao púlpito, pois, começam mandar recadinhos para uma pessoa com quem tem alguma diferença e toda a congregação tem que ouvir o desconfortável discurso de um doente ao púlpito. São apenas exemplos de pessoas doentes emocionais que jamais poderão serem recrutadas para uma tarefa grande ou tão séria quanto a tarefa de Missões. Alguém disse certa vez: “Lideres não curados, geram uma congregação doente”  Mas o interessante é que ninguém poderá ganhar as vidas que estas pessoas deveriam estar ganhando e Deus ainda lhes pedirá contas de seu trabalho. Neemias era campeão de saúde emocional, a falta de saúde emocional tem destruído igreja inteiras, ministérios extraordinários, tudo porque uma liderança sem saúde emocional deixa-se levar por coisas pequenas por algo que no meio da igreja sã é chamado de picuinhas, que geram contendas, ciúme e consequentemente divisão, ou seja, fazem tempestade em um copinho de água. Se você é Pastor ou líder na casa de Deus, trabalhe muito a saúde emocional em sua igreja, eu trabalho com muito afinco isso na igreja que sou pastor e posso te afirmar oitenta por cento dos problemas da igreja são eliminados aí.
 Homem sem saúde emocional não vai trabalhar direito, vai é dar trabalho.
04-Neemias sabia guardar sua Língua
  Pois, quem quer amar a vida, e ver os dias bons, refreie a sua língua do mal, e os seus lábios não falem engano; I Pedro 3:10
  Quantos são os problemas da língua que passamos as vezes dias tentando consertar, não é verdade? Tenho um amigo pastor que me disse que iria pedir para o senhor cortar da sua congregação os membros linguarudos, então eu lhe disse: “Peça apenas que o Senhor mande um anjo do céu com uma espada e corte as línguas grandes de todos os linguarudos.” Então rimos muito pensando em como seria a cena do que seria chamado o dia da decapitação de línguas.
A verdade é que tem mesmo alguns crentes, até mesmo na liderança,  que têm uma arma na boca chamada linguada e esta arma cada vez que é disparada mata de três pra cima. “mas a língua, nenhum homem a pode domar. É um mal irrefreável; está cheia de peçonha mortal.”  Tiago 3:8
Como era nosso amado irmão Neemias no tocante a língua? Será que era equilibrado? Analisando o Versículo abaixo eu passo a acreditar que sim.
  “Então de noite me levantei, eu e uns poucos homens comigo; e não declarei a ninguém o que o meu Deus pusera no coração para fazer por Jerusalém. Não havia comigo animal algum, senão aquele que eu montava”. Ne 2:12 
  Este homem sabia que: “A morte e vida está no poder da Língua;... Pv 18:21 Neemias sabia calar-se, não era um falastrão era um homem tremendamente equilibrado, acostumado na presença dos magistrados, sabia também medir suas palavras, sabia a hora em que os ânimos estavam exaltados, a hora em que não podia falar. Neemias esperou o momento certo para falar com o rei Artaxerxes. “O que guarda a sua boca preserva a sua vida; mas o que muito abre os seus lábios traz sobre si a ruína”.  Pv. 13:3 Ele soube como ninguém se expressar e aguardar a manifestação do Rei e quando interpelado pelo rei que lhe disse: Que me pedes agora? Ne 2:4, cuidou de orar ao Senhor, buscando direção para não falar besteira.
Há homens e mulheres que poderiam ser uma benção nas mãos de Deus, mas são sempre reprovados porque falam demais e estão sempre se metendo em confusão até mesmo dentro de suas igrejas ou no meio em que vivem, a língua é muito solta e não conseguem ficar sem criticar os irmãos, sem falar mal de alguma coisa, e as vezes almoçam a liderança da Igreja na mesa de suas casas na presença de familiares não crentes, o que certamente distanciará estes, mais ainda, da casa de Deus. Quantos maridos, nunca se converterão por causa da língua da sua esposa ou vice e versa? Quantos filhos nunca se converterão por causa da língua de seus pais que falam desenfreadamente mal de sua igreja, de seu pastor na frente dos filhos?    
 O irmão Neemias, também não era um empolgado qualquer que não pode ouvir nada nem dos homens, nem de Deus, sem sair correndo contando para todos só para aparecer.
Quando recebeu a palavra do Senhor instruindo-o  como deveria proceder em Sua obra, não usou isso para arrebanhar seguidores para o seu projeto, ele sabia que o Senhor iria lhe dar os homens necessários para que a grande obra fosse realizada por completo. “E não souberam os magistrados aonde eu fora nem o que eu fazia; pois até então eu não havia declarado coisa alguma, nem aos judeus, nem aos sacerdotes, nem aos nobres, nem aos magistrados, nem aos demais que faziam a obra. Ne 2:16
Muitos problemas acontecem no meio da Igreja e muitos pastores nem aceitam que os Dons de discernimento sejam operados na igreja, devido ao problema de que muitos que tem este dom, só conseguem discernir o que vêem, mas não discernem se deve ou não ser falado e então ao primeiro discernimento já não conseguem fechar a boca como Neemias fazia e saem falando, quando quase sempre, deveriam apenas orar. 
05-Neemias não se incomodava com a oposição
  Vivemos hoje em um mundo globalizado, recebemos muitas informações novas que nos chegam a cada dia. Estamos rodeados e pessoas que recebem informações diversas e nem sempre das mesmas fontes que as nossas, ou seja, formam outros pontos de vista baseados nas informações que receberam e também daquilo que receberam em sua própria formação intelectual. Um líder, um homem que quer ser bem sucedido na grande obra de Deus jamais poderá deixar de ouvir e jamais deverá estar despreparado para enfrentar oposições, e opiniões divergentes que no fim apenas nos fará refletir para que abandonemos nossas convicções ou as fundamentemos mais.   
   “ Ora, quando Sambalate ouviu que edificávamos o muro, ardeu em ira, indignou-se muito e escarneceu dos judeus; e falou na presença de seus irmãos e do exército de Samária, dizendo: Que fazem estes fracos judeus?” Ne 4:1-2
  Como precisamos de homens como Neemias nos dias de hoje, pois estamos em condição semelhante à daquela época, as nossas igrejas estão em situações calamitosas, não temos defesas contra o pecado, a imoralidade, os modismos externos, a fornicação, e é tempo em que muitos que poderiam reedificar a condição espiritual da Igreja estão com medo, refugiados atrás de suas mesas em bonitos escritórios pastorais. Medo de perder, de ser impopular, de serem mal interpretados, medo dos Sambalates e Tobias que estão em suas juntas ministeriais, etc.
Neemias partiu da Pérsia para Jerusalém em 444 a.C. Isto ocorreu treze anos após a chegada de Esdras a Jerusalém. Neemias veio incumbido pelo rei da Pérsia para reedificar as muralhas de Jerusalém e apesar de muita oposição completou a obra em cinqüenta e dois dias. Era um homem capaz, corajoso, de Oração e uma qualidade que nos salta a vista: PERSEVERANTE.
Sambalate e Tobias eram os mensageiros de Satanás que testariam a paciência a tolerância, e a perseverança do nosso irmão Neemias.
É notório que muitas vezes não somos contrariados por satanás, mas por pessoas que pensam diferente de nós ou não estão vendo com os mesmos olhos que estamos vendo. As nossas igrejas estão abarrotadas de líderes que não suportam oposição de maneira nenhuma, não foram treinados para isso. Muitas de nossas igrejas foram estabelecidas a partir de líderes insubmissos que não aprenderam submeter-se de maneira nenhuma, e conseqüentemente não aprenderam ceder um pouco ou tolerar pessoas que pensam diferente. Conheço alguns oficiais graduados do Exército, e chamar esses líderes de Sargentões como muitos fazem é uma tremenda injustiça com os Sargentos. Os Sargentos um dia foram Soldados, Cabos... E tiveram que aprender a obedecer antes de serem promovidos. Esses líderes que me refiro nunca deixaram ser comandados. Sempre falo com minha liderança: “Quem nunca foi um bom liderado não será nunca um bom Líder”.Estamos formando hoje ou uma igreja de caladinhos que aceitam tudo ou por outro lado um povo que não se submete de maneira nenhuma, que abrem cada vez mais suas próprias igrejas, seus reinos particulares. Davi soube se submeter a Saul, um rei desviado, Samuel soube se submeter a Eli, um sacerdote reprovado, Neemias soube se submeter ao rei da Pérsia, um gentil, soube esperar seu momento e na hora exata soube conviver com a oposição como ninguém, soube manter a calma, soube orar para que Deus o fortalecesse e soube continuar a obra sem parar por causa dos adversários. Examine comigo: -Você está desenvolvendo uma obra em sua igreja local, outros líderes o criticam e dizem que não vai dar certo e até escarnecem de você. O que você faz? Você desiste porque ninguém o apóia, porque criticaram você? Se você desiste, é porque não está pronto para a grande Obra de Deus! 
Tobias, o outro opositor disse: “Ainda que edifiquem, vindo uma raposa derrubará o seu muro de pedra”.Ne 4:3  E Neemias não respondeu, apenas  orou a Deus – “Ouve, ó nosso Deus, pois somos tão desprezados;”Ne 4:4
Eu vibro com isso! Porque ele tinha objetivos bem traçados, tinha a direção de Deus e estava preparado emocionalmente para enfrentar adversidades e oposições e este é o grande trunfo de quem deseja realizar a grande obra de Deus na terra, seja em nossa cultura ou transcultural. Há que haver direção divina na vida de um Homem de Deus e esse homem não parará nunca.
“E enviei-lhes mensageiros a dizer: Estou fazendo uma grande obra, de modo que não poderei descer. Por que cessaria esta obra, enquanto eu a deixasse e fosse ter convosco?” Ne 6:3 
Homens que não conseguem conviver no calor da pressão dos nossos dias e oposição com tantas idéias de um mundo cheio de informações até mesmo contraditórias, jamais conseguirão realizar a urgente Obra do Senhor Jesus que é uma cidadela forte, com boas defesas que causará espanto e medo no adversário chamado Satanás.
“Acabou-se, pois, o muro aos vinte e cinco do mês de elul, em cinqüenta e dois dias. Quando todos os nossos inimigos souberam disso, todos os povos que havia em redor de nós temeram, e abateram-se muito em seu próprio conceito; pois perceberam que fizemos esta obra com o auxílio do nosso Deus”. Ne 6:15-16       
Em Uma Visão De Fé!
Rildo G. Lopes - Pastor
O Pr. Rildo G. Lopes é Pastor da Cristo Vive Evangelho Pleno em Campinas/SP - Brasil www.cristovivecampinas.com  e Faz conferencias a lideranças em diversas partes do Brasil e América do Sul e Atualmente é Presidente da Missão Terra Internacional. www.missaoterra.com     

Um comentário:

LOUCA POR JESUS-FREAKS disse...

ESTUDO MARAVILHO SOBRE A VIDA DE NEEMIAS E AS NOSSAS VIDAS