AMIGOS DO BLOG VEJA E SINTA SEJA UM MEMBRO

10 de out de 2010

A palavra "Apocalipse" significa "revelar ou descobrir". O livro começa dizendo que é "a revelação de nosso Senhor Jesus Cristo" ( Apocalipse 1:1 ), e expõe um terrível conflito que alcança dimensões cósmicas, no qual existe um vilão implacável e um herói que impressiona. Muitos ignoram que este herói é nosso Senhor Jesus, identificado por 38 nomes e títulos descritivos diferentes. Nos primeiros três capítulos é mencionado 137 vezes e em todo o livro existem umas 250 referências a Sua sublime pessoa.
Segundo Apocalipse 5 , somente Jesus sabe quem será salvo e quem irá perder-se. Ele, somente Ele, pode ler os corações e compreender quem em verdade é Seu. É necessário que entreguemos a vida a Ele. Só Jesus pode limpar-nos do pecado ( I São João 1:9 ). Somente Ele é "poderoso para vos guardar de tropeços e para vos apresentar com exultação, imaculados diante da glória de Deus"( São Judas 24 ). Na verdade, "abaixo do Céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos" ( Atos 4:12 ). Por isso é que João em Apocalipse 5 chorava sem consolo e sem nenhuma esperança até que apareceu Jesus. E também é explicado por que os 24 anciãos exclamaram com regozijo: "Digno és", quando Jesus interveio em favor daqueles pelos quais morreu.
O título "Cordeiro" é mencionado 26 vezes em Apocalipse e se refere a Jesus. Assim o declara João Batista em São João 1:29 . No ritual simbólico do santuário do Antigo Testamento, o cordeiro era sacrificado no lugar do pecador e seu sangue limpava do pecado. No Novo Testamento é nos ensinado que Jesus é a realidade daquela simbologia. No Antigo Testamento o ser humano se dirigia a Deus através do sumo sacerdote. Pela graça divina e através dos méritos de nosso Senhor Jesus Cristo, cada crente nEle, é feito sacerdote, permitindo-lhe ir a Deus diretamente. Com séculos de antecipação, o Antigo Testamento profetizou que o Messias haveria de nascer de uma virgem ( Isaias 7:14 ), na pequena cidade de Belém ( Miquéias 5:2 ). O Novo Testamento confirma que, quando Jesus nasceu, estas profecias se cumpriram ( São Mateus 1:22, 23; 2:5, 6 ). Mas este nascimento só tem a ver com a natureza humana de Jesus.Devido a Sua natureza divina é que São Pedro disse que foi Jesus que inspirou os profetas ( I São Pedro 1:10, 11 ) e em Apocalipse 22:6 diz-se ser Ele "O Senhor, o Deus dos espíritos dos profetas". A Bíblia proclama que Jesus é o Verbo, é Deus eterno e coeterno com o Pai. ( São João 1:1-3, 14 .)

Nenhum comentário: