AMIGOS DO BLOG VEJA E SINTA SEJA UM MEMBRO

31 de out de 2011

ORAÇÃO

MAIS UMA VEZ DIGO A BÍBLIA É UM 

INSTRUMENTO DE BENÇÃO,É A PALAVRA 

VIVA E EFICAZ DE DEUS .NÃO É POSSÍVEL QUE NESSE SÉCULO PESSOAS IDOLATREM A BÍBLIA OU PARTES DELA COMO AMULETO.ALGUNS TEM USADO A ORAÇÃO DE JABEZ, O SALMO 23, O SALMO 91 ,ETC. PARA CONSEGUIR DÁDIVAS E MILAGRES .

O Autor Wilkinson Distorce as Escrituras


Agora, vamos examinar o modo como Wilkinson pegou essa oração bíblica simples e maravilhosa e a distorceu para algo que Deus nunca teve em vista. Vamos começar no início, no prefácio, em que Wilkinson faz primeira afirmação problemática:
"Quero ensiná-lo a fazer uma oração audaciosa que Deus sempre atende..." Mais tarde, na página 24 do original, ele "garante" que sua vida será "marcada por milagres" se você fizer essa oração de Jabez. Em seguida, apresenta um calendário para esse "milagre garantido" ocorrer — 30 dias [pág. 86 do original]! Assim, podemos dizer sem exagero que Wilkinson está prometendo que essa oração "tem a garantia" de sempre ser respondida por Deus, e que ele fará os milagres acontecerem no prazo de trinta dias!

VAMOS ESTAR SEMPRE COM NOSSA BÍBLIA EM MÃOS EXAMINANDO AS ESCRITURAS COMO OS CRENTES DE BERÉIA,POIS OS ENGANOS ESTÃO AI ,ANTES DE COMPRAR UM LIVRO OU VER FILMES,PROCURE SABER DO QUE SE TRATA E LER AS CRÍTICAS SOBRE OS MESMOS .

O Contexto Histórico da Oração de Jabez

Para compreender como a oração de Jabez realmente estava dentro da vontade soberana de Deus, vamos examinar um comentário bíblico para termos o pano de fundo histórico. [Citaremos o The Jamieson, Fausset, and Brown Commentary, da "The Bethany Parallel Commentary on the Old Testament", publicado em conjunto com a Zondervan Publishing House. ISBN 0-87123-617-3, 1985, Bethany House Publishers, pág. 741].
Veja o pano de fundo apresentado por esse comentário a respeito da oração de Jabez.
"A oração aqui registrada está na forma de um voto, como a de Jacó em Gênesis 28:20. Parece que foi proferida quando Jabez estava iniciando um serviço crítico ou importante, e para que a execução fosse bem sucedida, ele colocou sua confiança não na sua própria capacidade nem na coragem da sua gente, mas desejou ardentemente a ajuda e a bênção de Deus. Muito provavelmente, o empreendimento era a expulsão dos cananeus dos território que ele ocupava; e como essa era uma guerra de extermínio, que o próprio Deus tinha ordenado, suas bênçãos podiam ser mais racionalmente pedidas e esperadas na preservação deles de todos os perigos que o empreendimento envolveria."
Agora, essa informação histórica lança um pouco mais de luz sobre a oração de Jabez, não lança? Naquele momento histórico, Deus ordenou que o exército de Israel atacasse os povos que viviam na Terra Prometida, cuja religião era tão satânica que eles tinham "contaminado a terra" com a prática das suas feitiçarias. Veja a declaração de Deus sobre essa questão:
"Com nenhuma destas coisas vos contamineis; porque com todas estas coisas se contaminaram as nações que eu expulso de diante de vós. Por isso a terra está contaminada; e eu visito a sua iniqüidade, e a terra vomita os seus moradores. Porém vós guardareis os meus estatutos e os meus juízos, e nenhuma destas abominações fareis, nem o natural, nem o estrangeiro que peregrina entre vós; porque todas estas abominações fizeram os homens desta terra, que nela estavam antes de vós; e a terra foi contaminada. Para que a terra não vos vomite, havendo-a contaminado, como vomitou a nação que nela estava antes de vós. Porém, qualquer que fizer alguma destas abominações, sim, aqueles que as fizerem serão extirpados do seu povo." [Levítico 18:24-29].
Assim, Deus ordenou que Moisés, Josué e os outros líderes de Israel organizassem expedições militares para atacar e destruir totalmente os povos adoradores de Satanás. Deus foi bem claro ao dar ordens ao rei Saul:
"Vai, pois, agora e fere a Amaleque; e destrói totalmente a tudo o que tiver, e não lhe perdoes; porém matarás desde o homem até à mulher, desde os meninos até aos de peito, desde os bois até às ovelhas, e desde os camelos até aos jumentos." [1 Samuel 15:3].
Esses amalequitas eram os mais vis adoradores de Satanás. Assim, Deus queria erradicar a maldição da feitiçaria hereditária que era desmedida em toda aquela sociedade. A maldição do satanismo pode se estender por sete gerações. Certamente, Deus cortou três gerações da feitiçaria matando todos os anciãos, todos os adultos e todas as crianças. Nenhum amalequita restou, por meio de quem Satanás pudesse ter obtido autoridade legal para atacar os israelitas uma vez que os amalequitas sobreviventes se misturassem com os israelitas.
Além disso, Deus ordenou que o rei Saul aniquilasse todos os animais, por duas razões básicas: Primeiro, aqueles animais não eram usados apenas na produção de alimento, mas também para sacrifícios aos muitos deuses dos amalequitas. Assim, todo o rebanho estava amaldiçoado aos olhos de Deus. Segundo, as práticas sexuais pervertidas dos amalequitas por causa de suas feitiçarias incluíam a bestialidade e a homossexualidade. Assim, as doenças venéreas eram comuns, não somente nas pessoas, mas também entre os animais.
Deus estava decidido a erradicar esse pecado satânico e fazer cessar a poluição moral na Terra Prometida, que estava dando à nação de Israel.
Jabez era um daqueles líderes que em breve iriam atacar os cananeus pelas mesmas razões que os amalequitas foram atacados e aniquilados. Com essa missão militar a ser liderada por Jabez
"Jabez invocou o Deus de Israel... " — Como o Deus de Israel foi aquele que prometeu vitória militar total sobre os ferozes inimigos que habitavam a Terra Prometida, Jabez sabia exatamente a quem se dirigir para obter ajuda nessa empreitada militar. Deus tinha ordenado o ataque àqueles povos; tinha decretado a severidade da aniquilação; tinha prometido a vitória total para Israel. Assim, Jabez sabia exatamente a quem deveria orar.
Pedido 1: "Se me abençoares muitíssimo..." — Jabez queria as bênçãos de Deus na batalha contra os cananeus. Ele humildemente compreendia suas limitações em liderar um exército de soldados contra um inimigo feroz e determinado, de modo que naturalmente pediu que Deus o abençoasse.
Pedido 2: "...e meus termos ampliares..." — Naquele momento da história de Israel, Deus estava particionando seções da terra que tinha sido conquistada dos inimigos vencidos e dando essa terra aos líderes israelitas. Como essa terra permaneceria na posse da família, é fácil ver como esses líderes originais queriam uma boa área de terra. Se Jabez iria liderar seus homens na batalha, e obter a vitória, é fácil ver como ele queria que Deus o recompensasse com uma grande extensão de terra.
Pedido 3: "... e a tua mão for comigo..." Os cananeus não seriam um adversário fácil na batalha, embora Deus tivesse prometido estar com os israelitas e dar-lhes a vitória. Certamente, Jabez não queria tomar alguma ação no calor da batalha que desacreditasse Deus e desse a vitória para os inimigos. Assim, é fácil ver por que Jabez queria que a mão de Deus estivesse com ele.
Pedido 4: "... e fizeres que do mal não seja afligido!" — Como dissemos anteriormente, os cananeus praticavam a forma mais vil de feitiçaria de Magia Negra imaginável. Portanto, Jabez sabia que estaria enfrentando não somente os ferozes soldados cananeus, mas também o poder sobrenatural que estava por trás deles — as legiões demoníacas. Jabez conhecia bem o poder da feitiçaria, e sabia que estaria enfrentando os tipos mais terríveis de encantamentos e maldições demoníacas que seriam lançados contra ele. Ele sabia que seria o alvo pessoal dessas maldições satânicas, pois era o líder da força militar. Jabez sabia que os mais poderosos feiticeiros cananeus realizariam rituais poderosos contra ele, para tentar evitar que ele os atacasse.
Assim, Jabez orou pedindo que Deus o preservasse dessas maldições malignas provenientes do poço do abismo! "Faças que do mal não seja afligido!"
Portanto, Jabez pôde comandar seus homens na batalha, certo da proteção de Deus. No entanto, a questão mais importante que quero enfatizar é que ele colocou o foco da sua oração em Deus, não em si mesmo.



FICA MAIS UM ALERTA!
GLÓRIA A DEUS QUE TEM NOS MOSTRADO ESTAS COISAS .
CONTINUEM ORANDO POR MIM E POR ESSE BLOG E POR TODOS MISSIONÁRIOS QUE TEM LUTADO CONTRA OS PRINCIPADOS E POTESTADES ,MESMO SABENDO QUE ELES LUTAM CONTRA NOSSO SANGUE,MAS É DEUS QUEM NOS GARANTE A VITÓRIA EM CRISTO JESUS ,AMÉM.
BEIJOS DE PAZ !

Nenhum comentário: